Dedo de prosa: Vem cá

abril 07, 2017

 :


Vem cá.
Senta aqui do lado. 
Me deixa te falar...
Que sempre fui meio assim.
Não sei.
Do tipo,
deixa pra lá.

Mas isso, não quer dizer que deixei.
De sentir
Querer
Desejar
e ter.

Vem cá,
Me deixa te mostrar
que onde parece ser pedra,
na verdade é flor.
Não a rosa mais linda do jardim,
mas de um mistério sem fim.
Flor com espinhos, 
talvez de cacto.
Que parece estranha, 
mas tem seu valor.

Me deixa transbordar.
Do meu jeito.
Calma.
Simples.
E devagar.
Sou demais no sentir
Porém de menos em mostrar.
Gosto das entrelinhas,
Do conquistar.
Tenta se acostumar.
Me ensine a te ganhar.

Vem cá,
‘Me pega
de prosa
Me tira
da fossa’
Me ajuda a amar. 


Você pode gostar também

1 Comentários

Vou ficar bastante feliz com seu comentário! Beijo