O enxergar através do Plano Detalhe

abril 06, 2017

Pinterest: Rafaela Abreu ♡:

Para ler ouvindo: Em Paz - 5 a Seco e Maria Gadu.

Em uma das minhas aulas da faculdade, eu aprendi um pouco mais sobre enquadramento, posições e ângulos da linguagem cinematográfica. Lembro-me de como fiquei encantada e interessada, principalmente, pela forma em que a escolha de um certo enquadramento pode vir a mudar ou dar diferentes sentidos e significados em uma cena.

O chamado plano geral (PG) é normalmente o mais usado por inciantes. Claro, por ser o mais simples. Prático. Porém, o plano que sempre me interessou e me deixou instigada é o detalhe, ou PD. Em uma cena, por exemplo, um livro com uma página especifica aberta ou uma simples mordida de lábio podem ser sinais para todo o resto da construção de uma história. Talvez aquela página aberta, mostrada em detalhe, seja sinal para desvendar um mistério. E aquela mordida de lábios sutil, seja a forma da "mocinha" se entregar ao seu amor. Se não fosse esses detalhes, muitas vezes imperceptíveis, no plano geral, a história não seria construída da forma desejada. E tudo ficaria por isso mesmo. Sem sentido.

Você deve estar se perguntando. Por que ela está escrevendo sobre enquadramentos, planos e cenas? Por que não deixar esses assuntos apenas para as produções cinematográficas? Porque a vida é um filme. O nosso filme.
Enquadrar não é algo referente somente a linguagem cinematográfica. Fazemos isso com a vida. Escolhemos planos e ângulos para enxergar e perceber o mundo. As coisas. As pessoas. 
A maioria cria sua percepção através, apenas, do plano geral. Eu não. Tento perceber tudo pelos detalhes. Detalhes fazem toda a diferença. 

Imagina a seguinte cena. Um rapaz, em uma festa. Muitas mulheres, nessa mesma festa. Olhando através do plano geral, ele enxergará essas mulheres. Altas, baixas, bonitas, alegres... mas de algum, ele as verá de forma comum. Apenas mulheres em uma festa. Porém, se ele perceber a mesma festa através dos detalhes. Ele vai conseguir perceber a mulher que está ali por estar, a que prefere comer ao se relacionar e aquela que está no canto, quieta, observando-o de forma sutil. E no momento que a olhou, pelo detalhe, percebeu o sorriso lateral mais lindo que já viu, antes interceptável em plano geral. Percebendo ali, que aquela poderia ser "A Mulher". 

Como disse, o mundo é construído nos detalhes. 
Um casal pode transparecer completa felicidade, amor e carinho, no geral. E no detalhe... estarem infelizes. Uma pessoa pode parecer distante, fria e ate um pouco sem sal. Mas se você conseguir olhar os detalhes, pode enxergar a imensidão de sentimentos existentes e guardados nela. 
Ter uma visão geral do mundo. Das coisas. E principalmente das pessoas é importante. Mas os detalhes....
Ah, os detalhes...


Você pode gostar também

1 Comentários

Vou ficar bastante feliz com seu comentário! Beijo